O corregedor-geral do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Marcelo de Carvalho, instaurou sindicância para apurar as denúncias feitas por deputados na Assembleia Legislativa. O deputado Dr. Yglésio (PDT) comemorou a ação do Poder Judiciário. Nesta segunda, em tribuna, registrou que na última sexta-feira (30) já havia protocolado uma indicação para que o presidente do Tribunal de Justiça e o corregedor do TJ, respectivamente os desembargadores José Joaquim Figueiredo e Marcelo Carvalho, tomem as providências cabíveis. 

O desembargador Marcelo Carvalho entregou a cópia da abertura da sindicância durante audiência que teve com o deputado Dr. Yglésio (PDT), na tarde desta segunda e destacou, ainda, a importância do Poder Legislativo para defender os interesses do povo.  “Vocês [legislativo] são os legítimos representantes, nós somos apenas servidores do Poder Judiciário. Nós apenas representamos o Poder Judiciário, mas quem legitimamente a Constituição disse que representam o povo, são verdadeiramente vocês”, disse o desembargador Marcelo de Carvalho.

Próximos passos

A Corregedoria-Geral da Justiça vai convocar oitiva dos deputados César Pires e Dr. Yglésio, por conta da denúncia que fizeram na Assembleia Legislativa e deve examinar todos os documentos necessários para apurar as denúncias veiculadas pela imprensa. O documento de abertura da sindicância diz ainda que os atos de oitiva serão conduzidos pelo próprio desembargador Marcelo Carvalho, pelo juiz Dr. Raimundo Moraes Bogéa. O prazo de apuração será de 60 dias, permitida uma prorrogação por igual período.  

Fonte: Blog do Gilberto Léda